sábado, 14 de julho de 2012

Começam obras de trevos do Arco Metropolitano

13/07/2012 - Jornal do Commercio

Construções fazem a ligação com importantes rodovias federais no estado, como a BR-040, Via Dutra e BR-495, e devem ser entregues até o final de 2013

A Secretaria Estadual de Obras já iniciou as obras de três trevos de ligação do Arco Metropolitano com as rodovias federais no estado. Localizados em pontos estratégicos, eles foram projetados para aliviar a malha rodoviária da Região Metropolitana. O primeiro fica no entroncamento da BR-040 (Rio-Belo Horizonte-Brasília) com a BR-116 (Rio-Espírito Santo-Bahia), na altura de Saracuruna, em Duque de Caxias. O segundo está sendo construído no cruzamento com a Via Dutra, próximo à entrada de Japeri. O último está na antiga Rio-São Paulo (BR-495), em Seropédica. Os projetos devem ser entregues ao longo do ano de 2013.
Segundo a secretaria, a obra em Duque de Caxias é a de execução mais complexa, porque liga o Arco a duas rodovias federais de intenso movimento de veículos. O trevo no entroncamento com a BR-040 terá oito viadutos e 12 alças que permitirão acesso dos motoristas nos dois sentidos, numa média projetada de mais de 160 mil carros por mês.
"O motorista que vem pela Rio-Teresópolis poderá seguir pelo Arco em direção à Via Dutra ou a Itaguaí ou, se quiser, poderá acessar o Rio e Petrópolis", exemplificou o subsecretário de Obras Rodoviárias e Mobilidade Urbana, José Antônio Portela.
As obras só causarão impacto no trânsito da área na fase final, de acordo como cronograma acertado com as concessionárias Concer, da Rio-Petrópolis, e CRT, da Rio-Teresópolis. Até lá, a Secretaria Estadual de Obras planeja uma série de des¬vios e sinalizações para minimizar os transtornos.
O trevo na Via Dutra, com três viadutos e sete alças, está em fase mais adiantada e deverá ficar pronto em abril do de 2013. A obra permitirá o acesso ao Arco para veículos vindo de São Paulo em direção ao Rio e vice-versa.
Já a obra do trevo da antiga Rio-São Paulo começaram em 2010, mas sofreu muitas paralisações para resolver pendências ambientais - está em área protegida. O prazo de entrega será setembro de 2013 e, segundo a secretaria, cerca de 500 a mil veículos devem passar pelo acesso diariamente.
Os trevos pertencem ao segmento do Arco sob responsabilidade do governo do estado, que vai de Saracuruna ao entroncamento com a BR-101, em Itaguaí, contornando toda a Baixada Fluminense. O percurso de 70,9 quilômetros já se encontra quase todo terraplanado.

Nenhum comentário: