terça-feira, 16 de outubro de 2012

Maravilha de cenário

14/10/2012 - O Globo, Maíra Amorim

Região do Porto vai abrir espaço para 50 mil oportunidades de negócios

O grande canteiro de obras em que se transformou a região portuária do Rio esconde um cenário promissor. Somente a Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro (Cdurp) tem a previsão de gerar, por meio da Concessionária Porto Novo, cinco mil empregos diretos no pico das obras, em meados de 2013. Já o Sebrae, em parceria com a prefeitura, realiza um mapeamento da área que estima a possibilidade de 50 mil oportunidades de negócios quando a região estiver com a população flutuante prevista de 800 mil pessoas por dia - o que deve acontecer em 2016. Isso sem falar nas construtoras e incorporadoras, como Solace, Tishman Speyer, MDL e Fibra Experts, que também vão contratar muita gente para as obras.
Confira as vagas que já estão abertas
CONCESSIONÁRIA PORTO NOVO. São 86 vagas abertas para atuar no Porto Maravilha. Entre elas: médico do trabalho (salário de R$ R$ 6.777), técnico de meio ambiente (R$ 3.044), engenheiro e advogado (a combinar), pedreiro (R$ 1.298), técnico de controle de qualidade (R$ 3.009) e vagas para estágio (R$ 1 mil). Inscrições no Centro Público de Trabalho e Emprego (Rua da América 81, Santo Cristo), via Balcão de Empregos Porto Maravilha. Levar identidade, CPF, carteira de trabalho e PIS. Para se informar sobre as vagas, cadastre-se no http://vagas.com/portonovo.
BALCÃO DE EMPREGOS. No mesmo centro público, onde ocorre a seleção da Concessionária Porto Novo, são oferecidas vagas de várias outras empresas que atuam na região. Muitas priorizam quem vive na área.
SOLACE. A incorporadora Solace vai construir um conjunto de sete prédios a partir de janeiro de 2013. A expectativa é contratar 1.400 funcionários até 2015. A demanda maior será por operários, mas haverá também vagas para engenheiros, especialistas em meio ambiente e segurança. 0 site será lançado em breve.
TISHMAN SPEYER. A construtora lançará três empreendimentos na área - o primeiro já em construção. No total, deverá contratar entre 2.900 a 3.200 profissionais, especialmente operários, mas também engenheiros, arquitetos e técnicos. Outras informações no site www.tishmanspeyer.com.br.
MDL. Vai lançar o empreendimento de alto padrão Mariath, com oito pavimentos de lajes corporativas, e precisará de mão de obra durante a construção. Mas não faz previsão sobre o números de contratação. Informações no www.mdl.com.br.
FIBRA EXPERTS. Já entregou o Porto Brasilis e planeja outros dois empreendimentos, mas também não faz estimativas em relação ao número de vagas. Informações no site www.fibraexperts.com.br.


Enviado via iPhone

Nenhum comentário: