sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Obras da Via Expressa da Zona Portuária do Rio começam neste sábado

Obras da 19/10/2012 - Agência Rio

A operação urbana Porto Maravilha do Rio dará início, neste sábado (20), à construção de um túnel que fará parte da Via Expressa (atual Avenida Rodrigues Alves), fundamental à estrutura do novo sistema viário da Região Portuária da cidade. Somente na área da operação urbana, a via terá 3.610 metros e seis faixas de rolamento – três no sentido Avenida Brasil e três em direção ao Aeroporto Santos Dumont.

O novo acesso começará na Rua Primeiro de Março, em rampa, na altura da Praça Barão de Ladário, seguirá em um túnel de 2.010 metros até o Armazém 8 e continuará na superfície pela Avenida Rodrigues Alves até a Rodoviária Novo Rio. Com a extensão de mais 1.440 metros, na conexão entre a Via Expressa e o Aterro do Flamengo, para absorver o fluxo de tráfego após a demolição integral do Elevado da Perimetral, o túnel atingirá 3.450 metros, tornando-se o maior em área urbana do País. Hoje o maior do Brasil é o Ayrton, Senna, em São Paulo, com 2.178 metros.

A primeira intervenção da Concessionária Porto Novo, executora das obras e serviços do Porto Maravilha, será a construção de um poço de serviço na Avenida Venezuela que dará acesso a operários e máquinas e servirá de entrada e saída de material. O recurso do poço de serviço – já adotado na obra do Túnel do Binário, na Praça Mauá – permite a construção de túneis com menos interferências sobre o trânsito da cidade, porque as áreas escolhidas para a sua instalação são praças ou imóveis designados exclusivamente para a execução das obras, sem exigir o fechamento de ruas.

Para a escavação do novo poço, localizado sobre solo rochoso, a Porto Novo adotará a detonação controlada. O procedimento começará no dia 20 de outubro. Para gerar menos transtornos ao trânsito, será às 6h, de segunda a sexta-feira.

BLOQUEIO DE RUAS

Durante as detonações, as ruas na área de influência, como Edgar Gordilho, Coelho e Castro, Sacadura Cabral, Avenida Venezuela e Largo São Francisco da Prainha, serão interditadas momentaneamente à passagem de carros e pedestres. Na operação, a Concessionária destacará 33 operadores e controladores de tráfego para fornecer orientação a motoristas e pedestres, além de oito veículos, entre carros, motos e um guincho.

Os imóveis na área de influência passaram por vistorias cautelares – visitas técnicas para avaliar as condições prévias dos prédios. Equipamentos de monitoramento e instrumentação em 133 edificações no entorno farão análise permanente do comportamento do solo e dos imóveis ao longo do processo. Durante a detonação, sismógrafos acompanharão vibrações e quaisquer impactos.

DETONAÇÃO CONTROLADA

A detonação é um procedimento seguro que utiliza explosivos de maneira planejada e controlada. As operações seguem rigorosamente normas de segurança e prevenção aprovadas por órgãos de fiscalização e controle do município, estado e União.




Enviado via iPhone

Nenhum comentário: