terça-feira, 2 de outubro de 2012

Setor hoteleiro se expande rumo à Zona Norte carioca

29/09/2012 - O Dia, Angélica Fernandes

Longe de cartões-postais badalados, ao menos oito hotéis surgirão no subúrbio até 2016

Nem Zona Sul, nem Barra da Tijuca e muito menos Porto Maravilha. Longe dos mais badalados cartões-postais, nova onda de construções para hospedar visitantes está chegando agora à Zona Norte, que deverá ganhar até 2016 ao menos oito hotéis três estrelas somando total de 1.460 quartos.
Os primeiros bairros onde os novos empreendimentos vão 'desembarcar' são Maracanã, Del Castilho e Ilha do Governador. Ao lado do Aeroporto Internacional Tom Jobim, o GJP Galeão Hotel está com quase metade das obras concluídas. Serão 162 quartos, nove adaptados para deficientes. A inauguração está prevista para julho.
Ainda na Ilha, outros dois hotéis estão em análise pela prefeitura. Já em Del Castilho, serão três empreendimentos: dois já foram licenciados e serão construídos dentro do projeto de expansão do Shopping Nova América e outro ainda está em análise. No Maracanã, mais dois hotéis aguardam autorização do município para serem erguidos.
Acesso à estádios
Para Márcio Lopes, assessor da Secretaria Municipal de Urbanismo, a escolha do subúrbio se deve à mobilidade e ao baixo custo de construção.
"O solo da Zona Norte é barato e fica perto de tudo. Em Del Castilho, tem a Linha Amarela, que é acesso fácil para estádios e aeroporto", explica Lopes. Ele aposta em Deodoro como próxima parada de investimentos da rede hoteleira: "Após a construção do autódromo, deveremos receber pedidos de construções".
Ligação direta com aeroporto internacional
A só 1 km distante do aeroporto internacional do Rio, o novo hotel da Ilha, o GJP, terá ligação direta com o Galeão. A locomoção será serviço oferecido pelo hotel.
O empreendimento terá também piscina, academia e centro de convenções. A construção é baseada em conceitos de sustentabilidade com reaproveitamento de água para uso em sanitários, lavagem e jardim.
Superintendente do Sindicato de Hotéis, Bares e Restaurantes (SindhRio), Darcílio Junqueira acredita que a pacificação de comunidades da Zona Norte foi fator determinante para construção de hotéis na Zona Norte: "As UPPs do Alemão devolveram a sensação de segurança aos bairros do subúrbio. Os empreendedores estão de olho nisso. É uma inovação trazer turistas a esses locais".


Enviado via iPhone

Nenhum comentário: