segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Catedral Metropolitana recebe nova iluminação

01/10/2010 - O Dia 
Rio - O prefeito do Rio, Eduardo Paes, e o arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani Tempesta, inauguram nesta sexta-feira, a nova iluminação monumental em LED da Catedral de São Sebastião do Rio de Janeiro, na Avenida Chile, no Centro. Este é o primeiro projeto de iluminação em LED desenvolvido e instalado pela Prefeitura em um monumento da cidade. Também participam da cerimônia de inauguração o secretário municipal de Conservação de Serviços  Públicos, Carlos Roberto Osorio, o presidente da Rioluz, Henrique Pinto, e o pároco da Catedral, monsenhor Aroldo Ribeiro. 
Foto: Felipe O 'Neill / Agência O Dia
O investimento total na nova iluminação da Igreja Catedral Metropolitana foi de R$ 1,972 milhão |Foto: Felipe O'Nell / Agência O Dia
A nova iluminação, a partir de projeto da Rioluz, é composta por 91 projetores de LED, distribuídos entre o corpo principal da igreja, o campanário e a estátua em homenagem ao papa João Paulo II. Todo sistema de controle da iluminação é informatizado e permite a utilização de 2.000 cores diferentes, além do controle das combinações, alternâncias e velocidade de projeção. O software de controle possibilita ainda a programação de dia e hora das projeções. As lâmpadas de LED têm o dobro da vida útil da lâmpada comum e consumo de energia 30% menor.
Foto: Felipe O 'Neill / Agência O Dia
Foto: Felipe O'Nell / Agência O Dia
O projeto também incluiu a substituição da antiga iluminação do estacionamento, com a instalação de 151 lâmpadas mais potentes, aumentando a luminosidade no local. O investimento total foi de R$ 1,972 milhão. O último projeto de iluminação da Catedral Metropolitana foi realizado em 1998, para a visita do papa João Paulo II ao Rio de Janeiro, utilizando iluminação convencional.
Foto: Felipe O 'Neill / Agência O Dia
Foto: Felipe O'Nell / Agência O Dia
Foto: Felipe O 'Neill / Agência O Dia
Foto: Felipe O'Nell / Agência O Dia
Foto: Felipe O 'Neill / Agência O Dia
Foto: Felipe O'Nell / Agência O Dia

Nenhum comentário: