sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Prefeito assina contrato da Parceria Público Privada responsável pelas obras de Revitalização do Porto

GABINETE DO PREFEITO

COMUNICADO

Prefeito assina contrato da Parceria Público Privada responsável pelas obras de Revitalização do Porto

A maior PPP do Brasil, no valor de R$ 7,6 bilhões, vai administrar o Porto Maravilha por 15 anos e já começa as obras no início de 2011

O prefeito do Rio assina nesta sexta-feira o contrato com o Consórcio Porto Novo para o início das obras da 2ª fase do Porto Maravilha, de Revitalização da Zona Portuária da cidade. O consórcio foi o vencedor da licitação, concluída em outubro, que estabeleceu a maior Parceria Público Privada do País. O Porto Novo será o responsável por todas as obras da 2ª fase do Porto Maravilha - incluindo a demolição do Elevado da Perimetral - e pela prestação de serviços para esta região por 15 anos, no valor total de R$ 7,6 bilhões. Todo o investimento nesta etapa de revitalização da área será custeado pela venda dos Cepacs (Certificados de Potencial Adicional Construtivo). A operação vai permitir que todas as obras sejam realizadas sem gasto público.

Na segunda fase das intervenções do Porto Maravilha, serão 70km de vias construídas e reurbanizadas, além da implantação de redes de infraestrutura urbana com serviços de pavimentação, drenagem, sinalização, iluminação e arborização. Está prevista também a recuperação do sistema de água e esgoto. Haverá ainda a construção de 17km de ciclovias. Entre as principais obras desta segunda fase, estão a construção do Binário do Porto (via de mão dupla paralela à Avenida Rodrigues Alves), a demolição do Elevado da Perimetral - no trecho entre a Praça Mauá e a Avenida Francisco Bicalho - e e a criação do túnel que vai da Praça Mauá ao Armazém 5 da Rodrigues Alves. Além disso, será feita a ampliação do túnel ferroviário sob o Morro da Providência para receber o tráfego de automóveis.

Entre os serviços que ficarão sob responsabilidade do consórcio pelo período de 15 anos, estão a conservação e manutenção de vias públicas e monumentos históricos, iluminação pública, limpeza urbana e coleta de lixo domiciliar.

Nenhum comentário: