terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Após quatro anos, obra de duplicação da Rio-Santos será inaugurada

20/12/2010 - O Globo - Paulo Roberto Araújo


RIO - O verão na Costa Verde fluminense promete não ser igual aos que passaram. O ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, inaugura nesta terça-feira a duplicação dos 26 quilômetros da Rodovia Rio-Santos (BR-101), entre Santa Cruz e Itacuruçá. Iniciadas há quatro anos, as obras foram feitas em ritmo lento nos três primeiros anos e custaram ao todo R$ 245 milhões, com recursos do PAC.

O superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura Terrestre (Dnit) no Rio, Marcelo Cotrim, disse que a duplicação reduziu em uma hora o percurso entre o Rio e Angra dos Reis. Ele garantiu que jamais vão ocorrer os engarrafamentos na véspera do carnaval, que deixavam motoristas até nove horas na estrada. Cotrim disse ainda que a duplicação está pronta, mas que serão solicitados recursos para construção de um viaduto de acesso ao pólo industrial de Santa Cruz para evitar um cruzamento perigoso no trecho inicial da rodovia.

Prefeito de Angra cobra contenção de encostas

O prefeito de Angra dos Reis, Tuca Jordão, comemorou a inauguração, mas pediu ao Dnit para acelerar as obras de contenção de encostas no trecho entre Itacuruçá e Angra dos Reis. Em dois trechos, onde houve deslizamento de barreiras, o Dnit mantém o sistema pare e siga, enquanto faz as obras de contenção.

Leia a íntegra desta reportagem (conteúdo exclusivo para assinantes) no Globo Digital

Nenhum comentário: