sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Após notificação do MP, prefeitura do Rio adia interdição do Elevado da Perimetral

17/10/2013 -  O Globo

Leia: Interdição da Perimetral vai afetar dois milhões de usuários de ônibus - O Globo

Perimetral: plano prevê mais ônibus, barcas e metrô - O Globo

RIO - O prefeito Eduardo Paes anunciou no fim da tarde desta quinta-feira, em entrevista coletiva, o adiamento da interdição em definitivo do trecho do Elevado da Perimetral entre o Caju e a Praça Mauá. O fechamento está previsto agora para o dia 26 de outubro, mas pode ser novamente adiado. A decisão vai depender de uma série de testes operacionais a serem realizados nos próximos dias.

Com a mudança, a Perimetral será fechada para testes no próximo domingo, das 8h às 17h. No período ficará aberta Avenida do Binário. Na segunda-feira, a Perimetral volta a funcionar normalmente.

O prefeito definiu a estratégia como "soft-opening" para a população ir se habituando. Segundo ele, vários fatores colaboraram para a decisão de adiar o fechamento. O prefeito citou os questionamentos do Ministério Público sobre os planos de mitigação de impactos no trânsito, o fato de as obras nas estação Arariboia de Barcas só ficarem prontas na próxima semana e o leilão do pré-sal na próxima segunda, em um hotel na Barra da Tijuca. Devido ao leilão, o fluxo deverá ser mais intenso na direção da Barra, sendo impactado ainda por interdições no bairro, devido a decisão do governo de criar uma área de Garantia de Lei e Ordem (GLO), por conta dos protestos. O prefeito acrescentou ainda que mantém a previsão de demolir este trecho da Perimetral até o fim do ano.

Na terça-feira, a prefeitura do Rio e e a Companhia de Desenvolvimento Urbano do Porto (CDURP) já haviam sido notificadas pelo Ministério Público para que a interdição não ocorresse sem que as medidas para minimizar os problemas no trânsito fossem totalmente colocadas em prática.

Nesta quinta-feira pela manhã, em encontro com Eduardo Paes, o prefeito de Niterói, Rodrigo Neves (PT) havia pedido que a interdição fosse postergada para o dia 26 de outubro, quando a nova estação Arariboia, das Barcas, será inaugurada.

Nenhum comentário: