terça-feira, 29 de outubro de 2013

Shoppings valorizam os imóveis do entorno

27/10/2013 - Extra, Lara Mizoguchi

Um estudo divulgado pela Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce), em julho deste ano, mostra que imóveis localizados no entorno desses centros comerciais se valorizam cerca de 46% mais do que no restante do mesmo bairro. Nas proximidades de três shoppings pesquisados pelo EXTRA (Via Shopping, em Irajá; NorteShopping, no Cachambi; e Center Shopping Rio, em Jacarepaguá), a diferença, de acordo com dados do Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Rio (Creci-RJ), fica próxima à do levantamento nacional: 30%.

Embora a distância não seja determinada pelo estudo, especialistas alegam que o raio de valorização deve englobar um percurso que possa ser feito a pé.

- As pessoas buscam cada vez mais facilidades na mobilidade. Então, o mais importante é morar, trabalhar e usar os serviços o mais próximo possível de casa - justifica Claudio Hermolin, diretor regional da PDG e vice-presidente da Associação dos Dirigentes de Empresas de Mercado Imobiliário (Ademi).

Para Paulo Marques, diretor da construtora Leduca, nota-se a valorização pela facilidade da venda:

- Terrenos e imóveis, quando há shopping implantado, são mais caros e têm velocidade de venda maior.

'Estimula o comércio de rua a melhorar'

Luiz Fernando Veiga, Presidente da Associação Brasileira de Shopping Centers

Existem vários motivos que podemos elencar. Um bairro onde se inaugura um shopping acarreta uma valorização imobiliária do entorno, estimula o comércio de rua a melhorar os padrões de atendimento, para competir com o shopping. A instalação representa um fator de alavancagem econômica da cidade. Por isso, funciona como um indutor de progresso.

Nenhum comentário: