terça-feira, 4 de novembro de 2014

Avenida Rio Branco terá três faixas fechadas ao tráfego para obras do VLT

Interdição será entre a Presidente Vargas e a Cinelândia. Terminal Misericórdia será destavido no dia 23 de novembro de 2015

POR CÉLIA COSTA

04/11/2014 - O Globo


Terminal Misericórdia será definitivo fechado para as obras de implantação do Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT) e novas frentes do projeto Porto Maravilha - Marcos Tristao / Agência O Globo
PUBLICIDADE
 
RIO - O prefeito Eduardo Paes anunciou, nesta terça-feira, intervenções no trânsito do Centro e da Região Portuária para as obras de implantação do Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT) e novas frentes do projeto Porto Maravilha. Entre as alterações anunciadas, está a interdição de três das seis faixas da Avenida Rio Branco entre a Presidente Vargas e a Cinelândia, no dia 29 de novembro. Com isso, a Rio Branco volta a ter sentido único, em direção ao Aterro. A faixa exclusiva para táxis na Avenida Rio Branco será extinta, e duas faixas da Rio Branco serão destinadas aos ônibus municipais.

- Que as pessoas lembrem que as obras são para melhorar. Pedimos a colaboração da população e que todos deem preferência ao transporte público - disse o prefeito Eduardo Paes.


Outra medida que deve causar impacto no trânsito é o fechamento definitivo do Terminal Misericórdia, no dia 23, para as obras do Porto Maravilha. Com a desativação, os coletivos passarão a ter ponto final na Avenida Presidente Vargas. As 27 linhas que faziam ponto final no terminal serão transferidas para a Avenida Churchill, a Rua Santa Luzia e a Praça Marechal Âncora.

Para a Santa Luzia, serão transferidas as linhas 254, 277, 292, 310, 311, 337, 340, 344, 349, 362, 380 e 390. Já para a Churchill, serão as linhas 232, 238, 343, 346, 348, 352, 354, 363, 367, 368, 374, 376 e 377. A Praça Marechal Âncora receberá as linhas 130 e 131.

As linhas que passavam pela Rio Branco no sentido Candelária serão transferidas para a Avenida Primeiro de Março, que terá o BRS ativado.

A área do terminal será transformada em uma grande praça de 21 mil metros quadrados com jardins e projeto arquitetônico que tem o objetivo de valorizar a vista e o contato com a Baía de Guanabara. A nova praça fará parte do passeio público que se estenderá até o Armazém 8 do Cais do Porto em um caminho arborizado com ciclovia, área de convivência e passagem do VLT.

PUBLICIDADE


De acordo com o cronograma, o primeiro veículo chegará ao Rio em junho de 2015. A conclusão das obras está prevista para o segundo semestre do mesmo ano. O início da operação do VLT está previsto para o primeiro semestre de 2016.

MUDANÇAS SÃO ADIADAS POR CAUSA DO ENEM

O prefeito anunciou ainda que as alterações que estavam previstas para o próximo fim de semana só serão realizadas no dia 15 de novembro. A mudança na data foi decidida para não prejudicar os deslocamentos dos estudantes para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A Secretaria municipal de Transportes informou que as linhas executivas com ponto final no Terminal Menezes Cortes e na Avenida Nilo Peçanha não terão alteração no itinerário de chegada ao centro da cidade. A saída, no entanto, deixará de ser pela Rua 1º de Março e passará à Rua da Assembleia e o BRS Carioca, seguindo pela Praça da República, por onde farão o acesso à Avenida Presidente Vargas.

As linhas convencionais que atualmente utilizam o terminal na Avenida Chile e a linha executiva 2310, com destino a Bangu, passam a terminar a viagem na pista lateral da Presidente Vargas, sentido Praça da Bandeira, entre a Rio Branco e Rua dos Andradas. As executivas com destino à Santa Cruz e Campo Grande (2303, 2304, 2307, 2308, 2309 e 2331) permanecerão na Chile e não terão o trajeto alterado.

Já as linhas intermunicipais do terminal Menezes Cortes não terão o trajeto de chegada alterado e passam a sair da cidade pela Avenida Mem de Sá. As que seguem para Petrópolis, Teresópolis e Rio Bonito acessarão a Presidente Vargas pela Rua de Santana. As linhas que trafegam pelo Binário do Porto passam a ter acesso à via, seguindo pela Praça da República/Túnel João Ricardo. As linhas 1906B e 1907B com destino à Paracambi e Japeri, respectivamente, terão parada terminal transferida para a pista lateral da Presidente Vargas.

Na Avenida Luís de Vasconcelos, será mantido o ponto final as linhas com destino à Duque de Caxias, com exceção da linha 2111C, que será remanejada para a Presidente Vargas. Na Avenida Augusto Severo, os passageiros continuam encontrando as linhas 521D e 565D. As demais serão transferidas para os pontos das Ruas Acre e Camerino e para a pista lateral da Presidente Vargas.

Os ônibus que param atualmente na Av. Rio Branco, entre a Av. Presidente Vargas e a Rua Visconde de Inhaúma terão o ponto final transferido para a Rua Visconde de Inhaúma, entre as ruas da Candelária e da Quitanda. Para orientar a população, serão distribuídos 450 mil folhetos em pontos de ônibus e dentro dos coletivos, além da sinalização. A divulgação das mudanças também será feita através de agentes educativos em pontos estratégicos para auxiliar os passageiros.

Ao todo, fizeram parte do estudo 62 linhas intermunicipais e 27 municipais. As linhas serão divididas em pontos finais na Avenida Presidente Vargas, na Rua Acre e na Rua Camerino. Segundo o secretário municipal de Transportes, Alexandre Sansão, a localização,atende o centro da cidade e melhora o trânsito. Ainda de acordo com o secretário, o objetivo dessas mudanças é melhorar o trânsito dessas linhas e dos corredores BRS, e atender, assim, uma medida de racionalização.

CONFIRA AS LINHAS DA LAPA E DA GLÓRIA QUE SERÃO ALTERADAS

PUBLICIDADE


No início deste mês, a prefeitura alterou trajetos e pontos finais de linhas de ônibus municipais e intermunicipais que trafegam pela região. Em outubro, ocorreu a primeira fase da interdição parcial da Avenida Rio Branco, entre a Rua Visconde de Inhaúma e a Praça Mauá, para obras de instalação do VLT. Com a interdição de três faixas da via, os pontos foram deslocados para o meio da pista, com uma pequena área de recuo.

Também no dia 15 de novembro, estão programadas mudanças na Avenida Rio Branco, no trecho entre a Rua Visconde de Inhaúma e a Avenida Presidente Vargas. Para as obras do VLT, três das cinco faixas de rolamento da Rio Branco serão interditadas.

O VLT conectará a Região Portuária ao Aeroporto Santos Dumont. O projeto prevê seis linhas com 42 paradas, quatro delas em estações na Rodoviária Novo Rio, na Central do Brasil, nas barcas e no aeroporto, em 28 quilômetros de vias. O sistema será integrado ao metrô, aos trens, às barcas e aos BRTs, além do teleférico da Providência. Os passageiros poderão utilizar o Bilhete Único Carioca e, quando todas as linhas estiverem em operação, a capacidade do sistema chegará a 285 mil usuários por dia.

 
 
image
 
 
 
 
 
Avenida Rio Branco terá três faixas fechadas ao tráfego ...
Interdição será entre a Presidente Vargas e a Cinelândia. Terminal Misericórdia será destavido em no dia 23
Visualizado por Yahoo
 

Nenhum comentário: