domingo, 28 de março de 2010

Morro da Providência será reurbanizado e ganhará dois teleféricos e plano inclinado

APÓS A FORÇA, AS OBRAS


Publicada em 28/03/2010 às 23h43m
Rogério Daflon - O Globo - 28/03/2010
    O projeto da estação central, com dois teleféricos, que será construída no Morro da Providência / Divulgação
    RIO - O Morro da Providência, na Zona Portuária, onde foi instalada a 7ª Unidade de Polícia Pacificadora no último dia 22, passará por uma radical mudança demográfica. O secretário municipal de Habitação, Jorge Bittar, anunciou que 800 das cerca de duas mil famílias da comunidade serão reassentadas para áreas próximas dali. Segundo ele, a desocupação abrirá espaço para um projeto de reurbanização, que incluirá a instalação de dois teleféricos e um plano inclinado na região, onde se popularizou o termo favela. Orçado em R$ 150 milhões, o projeto será licitado dentro de quatro meses. A previsão é de que as obras terminem em um ano e meio, segundo o secretário:
    - As casas da localidade de Pedra Lisa, uma área de grande risco, vão sair de lá. Outras, com problemas estruturais, também. A maioria dos moradores poderá viver em unidades habitacionais do programa Minha Casa, Minha Vida, do governo federal. Não haverá pessoas transferidas para longe da Providência. A União tem dois terrenos na Zona Portuária e há ainda duas áreas de garagem de ônibus.
    (A instalação da UPP será o ponto de partida para uma vida melhor no Morro da Providência?)
    O secretário acrescenta que as duas garagens, na divisa do Morro da Providência, serão desapropriadas para dar espaço à construção de pelo menos 600 imóveis para famílias da Providência:
    - A reurbanização da Providência é fundamental para a revitalização da Zona Portuária.

    Nenhum comentário: