quarta-feira, 19 de maio de 2010

Prefeitura promete entregar Lagoa limpa até a Copa de 2014

19.05.10 às 01h40 - O Dia



No dia da reunião com o Comitê Olímpico Internacional, governador Sérgio Cabral admitiu preocupação com o aeroporto internacional. Hoje, representantes da entidade esportiva vão vistoriar instalações esportivas da cidade

Rio - Palco das provas de remo das Olimpíadas de 2016, a Lagoa Rodrigo de Freitas estará completamente limpa e despoluída antes mesmo da Copa de 2014. A promessa foi feita pelo vice-prefeito e secretário municipal de Meio Ambiente, Carlos Alberto Muniz, durante seminário sobre saneamento. A boa notícia foi dada no mesmo dia em que o prefeito Eduardo Paes, o governador Sérgio Cabral e o ministro dos Esportes, Orlando Silva, se reuniram com a Comissão de Coordenação do Comitê Olímpico Internacional (COI). Cabral, no entanto, admitiu preocupação com a reforma do Aeroporto Internacional Tom Jobim, na Ilha do Governador.
Foto: André Luiz Mello / Agência O Dia
No dia da reunião com o Comitê Olímpico Internacional, governador Sérgio Cabral admitiu preocupação com o aeroporto internacional | Foto: André Luiz Mello / Agência O Dia
“Essa questão não é só para as Olimpíadas. É para a Copa do Mundo de 2014 também. É o que me deixa muito angustiado, muito preocupado. A concessão do terminal é a única eeficiente saída para o problema que se arrasta há anos”, afirmou Cabral.

Enquanto aguardam uma solução para o aeroporto, estado e município comemoram a despoluição da Lagoa, que segundo o presidente da Cedae, Wagner Victer, já está pronta para receber os Jogos: “A concentração de coliformes fecais já foi reduzida de 16 mil para cerca de 500 em cada cem mililitros (dentro dos padrões internacionais de monitoramento de qualidade da água para competições esportivas). Caso as Olimpíadas fossem hoje, a Lagoa poderia receber provas. Foram investidos mais de R$ 100 milhões e continuaremos com as melhorias”.

Além da Lagoa, outros pontos no município devem receber obras de saneamento básico. De acordo com Carlos Alberto Muniz, o investimento previsto nessa área é de R$ 1,5 bilhões. A Marina da Glória e as orlas de Flamengo e Botafogo estão entre os pontos que devem passar por processo de despoluição. Essas regiões, que também receberão provas olímpicas em 2016, são tratadas com prioridade pelo município e o estado.

A previsão da Cedae é de que até 2013 sejam investidos R$ 700 milhões no tratamento de esgotos lançados na Baía de Guanabara. Somente na Marina da Glória serão R$ 11 milhões, sendo R$ 6 milhões do orçamento da Cedae. “ A carga orgânica lançada na Baía será bastante reduzida”, promete Wagner Victer.

Paes apresenta projeto que altera proposta aprovada pelo COI


Na reunião com o COI, o prefeito Eduardo Paes apresentou a maquete que mostra como ficariam os dois Centros de Mídia Impressa e a Vila da Mídia na Zona Portuária, próximo à Avenida Francisco Bicalho. A proposta aprovada no dossiê de candidatura apontava os espaços na Barra da Tijuca.

Segundo o município, a mudança, que ainda precisa ser aprovada pelo comitê, ajudaria a revitalizar a Zona Portuária. “O que dei de garantia a eles, ao propor a transferência de algumas coisas para a área do porto, é de que em nenhum momento a cidade vai deixar de cumprir aquilo que assumiu. Agora, precisamos de uma avaliação deles”, disse Paes.

Segundo Cabral, a comissão ficou impressionada com o que já foi feito para preparar a cidade para 2016. “As licitações que a prefeitura já colocou na rua para as BRTs (Bus Rapid Transit) e, de nossa parte, a Linha 4 do metrô que está em progresso e o saneamento básico da Barra, Jacarepaguá e da Baía de Guanabara, que estão em pleno andamento”. Representantes do COI só vão divulgar sua opinião sobre o andamento dos projetos amanhã.

Durante a reunião, três fiscais da Justiça Eleitoral acompanham o encontro para se certificarem de que não aconteceria campanha política. As multas pela irregularidade variam de R$ 5 mil até R$ 25 mil.
Reportagem de Christina Nascimento e Diego Barreto

Nenhum comentário: