quarta-feira, 9 de junho de 2010

Workshop no Rio discute ideias bem diferentes para o transporte da cidade



09/06/2010
O workshop Rio 2050, que acontece de quarta-feira até sábado na Casa França-Brasil, no Centro, vai discutir melhorias para o transporte para o Rio de Janeiro, como o trem de alta velocidade (TAV), carros elétricos, metrô do Rio para Niterói e até mesmo balões infláveis. A informação é do “JB online”.
Os arquitetos e urbanistas Pedro Rivera e Pedro Évora vão ministrar a oficina, que contará ainda com 20 colaboradores. “Um sistema de transporte feito por balões seria interessante, menos poluente e mais silencioso. Sem contar que nossa cidade é a mais bonita e ecológica do mundo. Imagina vê-la do alto e com o verde bem perto? Por que viver andando confinado no metrô?”, comentou Évora.
Rivera defende a estruturação de uma cidade mais densa, com a ocupação dos espaços vazios, assim como acontece na Inglaterra, mais precisamente em Londres. Segundo ele, com isso, o Rio iria parar de “crescer horizontalmente”.
Alguns especialistas criticam as propostas inovadoras do workshop, como é o caso do professor de engenharia de transporte da Pontifícia Universidade Católica (PUC) José Eugênio Leal. Ele avalia ser impraticável a instalação de um TAV ligando o Rio a São Paulo e Minas Gerais, um metrô conectando o Rio a Niterói, barcas interligando a Praça 15 à Barra, assim como o uso de balões infláveis, tipo dirigível, como transporte de passageiros.

Nenhum comentário: