quinta-feira, 22 de julho de 2010

Choque de Ordem derruba 21 construções que ocupavam calçadas na Avenida Brasil

COMÉRCIO IRREGULAR


Publicada em 21/07/2010 às 16h10m
O Globo - 21/07/2010 
Uma das construções demolidas pelo Choque de Ordem. Foto de divulgação/ Seop
RIO - Uma operação Choque de Ordem retirou, na manhã desta quarta-feira, 21 construções de comércio irregular que ocupavam ilegalmente calçadas ao longo da Avenida Brasil. Os trailers e barracas de ferro e madeira estavam embaixo das passarelas seis à nove. Na terça, os donos das estruturas tinham sido notificados por fiscais da prefeitura para que deixassem o local imediatamente.
A maior parte das construções era utilizada para venda de comida e bebidas, mas um dos trailers, na altura da entrada da Comunidade Vila do João, servia como ponto de mototáxi irregular. Embaixo da passarela sete, funcionários da Secretaria Especial da Ordem Pública (Seop) flagraram duas máquinas de caça-níqueis em uma das barracas. No local, policiais apreenderam além das máquinas, quatro aparelhos de celular e cerca de R$ 700 em dinheiro. O material foi levado para a 21ª DP (Bonsucesso).
- Agiremos sem tolerância nos locais em que ainda exista ocupação irregular do espaço público. Nosso objetivo é liberar as passarelas retirando os comércios ilegais para que os pedestres possam circular livremente - afirmou Alex Costa, secretário de Ordem Pública.
A operação, que teve início às 9h, também apreendeu farta quantidade de mercadoria com os ambulantes não autorizados: 30 kg de biscoitos, 40 garrafas de bebidas alcoólicas, 90 garrafas de cerveja, 35 latas de refrigerantes, 200 kg de frutas, três freezeres, seis carrocinhas de comida, sete mesas de ferro e 17 cadeiras. Garis da Comlurb recolheram cinco toneladas de entulho. Na altura da passarela 6, foram rebocados quatro veículos que estavam à venda parados em cima da calçada.
O Choque de Ordem teve participação de 80 pessoas, entre elas, agentes da Subsecretaria de Operações, de Controle Urbano e de Integração Social da Seop, guardas municipais, agentes da Secretaria Municipal de Conservação, garis da Comlurb, funcionários da Light e policiais militares do 4ª BPM (Praça da Harmonia). Uma retroescavadeira, cinco caminhões e um maçarico foram utilizados na operação. Dois reboques da Coordenadoria de Fiscalização de Estacionamento e Reboques (CFER) da Seop deram apoio à ação.

Nenhum comentário: