segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Todas as calçadas da orla marítima darão adeus a fradinhos em 2 meses

CALÇADAS LIVRES


Publicada em 08/08/2010 às 23h44m
O Globo - 08/08/2010 
    A retirada já começou - Esquina das Ruas Garcia D''Ávila com Vieira Souto. Foto Letícia Pontual - O Globo
    RIO - Até outubro, todas as calçadas da orla marítima do Rio darão adeus aos fradinhos - obstáculos de concreto colocados para impedir o estacionamento irregular. A informação é do secretário municipal de Conservação e Serviços Públicos, Carlos Roberto Osório, dada aos repórteres Gizelle Andrade e Selma Schmidt, em reportagem na edição desta segunda-feira do GLOBO. A "limpeza" começou pelas avenidas Vieira Souto, em Ipanema, e Delfim Moreira, no Leblon: os condomínios localizados nessas vias têm só hoje para retirar os fradinhos em frente aos seus prédios ou, pelo menos, pedir ampliação do prazo para cumprir a determinação. No fim de semana passado, alguns se apressavam em liberar as calçadas, para não serem multados. Os canteiros, porém, serão mantidos, já que a prefeitura entende que fazem parte do projeto paisagístico.
    Durante esta semana será a vez de os edifícios da Avenida Sernambetiba, na Barra, serem notificados para que retirem os fradinhos de suas calçadas em 15 dias. Ainda em agosto, a medida chegará à orla do Recreio (Avenida Sernambetiba). Em setembro, a norma se estenderá aos calçadões de Copacabana, Leme, Flamengo e Botafogo.
    Para os fradinhos do restante da cidade, a prefeitura também tem planos. A Secretaria de Urbanismo vai criar uma regulamentação para cada área, a começar pelo Centro Histórico. Ou seja, serão definidos os tipos de fradinhos que poderão ser usados e as calçadas que terão que ficar livres. No caso do Centro Histórico, a opção deverá ser pelos modelos de ferro com bolas na ponta.
    Entre síndicos, moradores e frequentadores da orla marítima o maior receio é que as calçadas liberadas passem a ser ocupadas por carros.
    Leia a íntegra desta reportagem em O GLOBO digital (disponível somente para assinantes)

    Nenhum comentário: