sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Prefeitura dá início ao Parque Cidade do Rock, que fica pronto até setembro

10/12/2010 - O Globo - Luiz Ernesto Magalhães

O prefeito do Rio, Eduardo Paes, deu início nesta sexta-feira às obras para a construção do Parque Olímpico Cidade do Rock, na Avenida Salvador Allende, às margens da Lagoa de Jacarepaguá, na Barra da Tijuca. A área, que será um novo espaço de eventos da cidade administrado pela Riotur, será inaugurada em setembro do ano que vem, com a primeira de três edições do festival Rock In Rio que serão realizadas na cidade antes dos Jogos Olímpicos de 2016 - as edições do festival acontecerão em 2011, 2013 e 2015. Durante as Olimpíadas, o espaço será usado como área de lazer para os atletas. Nos períodos em que não houver eventos, os 250 mil metros quadrados vão funcionar como parque público, com quadras esportivas, ciclovia, equipamentos de ginástica para a população.

O Rock In Rio de 2011 será realizado nos dias 23, 24, 25 e 30 de setembro; e 1º e 2 de outubro. A vice-presidente da organização, Roberta Medina, contou que quase todos os 100 mil ingressos do primeiro lote liberado para o público (R$ 190 inteira e R$ 95 meia) desde o dia 19 de novembro já foram vendidos. A programação completa ainda não foi fechada, mas a expectativa é que mais de 100 bandas se apresentem no evento nos três palcos que serão instalados. Entre as que bandas já confirmadas estão Metallica, Motörhead, Sepultura, Red Hot Chili Peppers e Capital Inicial, entre outras.

- Por enquanto estamos oferecendo ingressos apenas para o público brasileiro. Observamos que neste momento, 60% dos compradores são de outros estados, porque é um público que deseja se programar com antecedência - explicou a empresária.

A capacidade total de público é de 600 mil pessoas em todo o evento (100 mil por dia). Sem entrar em detalhes, Roberta disse que estão sendo planejados com os patrocinadores vários eventos para promover o festival e incentivar a venda dos ingressos. O Rock In Rio 2011 será a décima edição do festival. Das nove edições já realizadas três foram no Rio (1985, 1991 e 2000). Os outros festivais aconteceram em Lisboa (quatro) e Madri (dois).

A previsão da Secretaria municipal de Obras é de que os serviços sejam concluídos até junho. As obras incluem a construção de uma espécie de miniacademia, ciclovia e um mirante na Lagoa de Jacarepaguá. A prefeitura também ficará responsável por implantar as redes de água, esgoto e telecomunicações. O investimento total do município chega a R$ 43,8 milhões (sendo R$ 37 milhões das obras e R$ 6,8 milhões pela compra da área, que foi desapropriada.

Nenhum comentário: