quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Supermercado que provocou caos no trânsito de Niterói só reabre se apresentar proposta para tráfego

19/10/2011 - O Globo, Paulo Roberto Araújo (pra@oglobo.com.br)

RIO - Fiscais da Prefeitura de Niterói estão de plantão para impedir a reabertura de um supermercado na esquina da Avenida Marquês de Paraná com a Rua Marechal Deodoro, no Centro da cidade. Responsabilizado pelo caos no trânsito de Niterói e São Gonçalo de sábado até terça-feira, o supermercado foi fechado, através de um embargo administrativo, por decisão do prefeito Jorge Roberto Silveira. As promoções da semana de aniversário do estabelecimento provocaram um nó no trânsito e engarrafamentos que chegaram a dez quilômetros nos acesos a Niterói.

Ao contrário de segunda-feira, o trânsito flui sem maiores problemas na manhã desta quarta-feira no entorno do estabelecimento. O único problema é o tradicional engarrafamento da Rodovia Niterói-Manilha devido ao afunilamento de pistas da Avenida do Contorno, que há anos aguarda obras de alargamento. Já existe licença ambiental e recursos para as obras, mas desde dezembro a concessionária Autopista Fluminense negocia desapropriações com estaleiros ao longo da via.

O secretário de Segurança de Niterói, Wolney Trindade, disse que foi procurado na noite desta terça-feira por advogados do supermercado para negociar a reabertura, mas até agora não foi apresentada uma proposta que evite novo caos no trânsito.

- A promoção do supermercado fechou a cidade porque ele fica numa avenida por onde todos passam. Isso já aconteceu uma vez, e o prefeito, na ocasião, assinou um decreto para evitar que problemas semelhantes voltassem a acontecer. E aconteceu. O supermercado alega que tomou precauções, mas não contava que iria atrair tantos consumidores. Acreditamos que a melhor solução é liberar as promoções somente à noite, quando o volume de tráfego é menor. Estamos aguardando a proposta do supermercado para autorizar a reabertura - disse Trindade.

Nenhum comentário: