sábado, 2 de junho de 2012

Prefeitura cancela implantação de faixa reversível na Radial Oeste menos de 24 horas após anúncio

30/05/2012 - O Globo

Portaria divulgada no Diário Oficial nesta terça-feira foi revogada devido à suspensão de todas as reversíveis no período da Rio+20, que havia sido determinada no mesmo dia

RIO - Os motoristas que enfrentam o trânsito complicado das manhãs em direção ao Centro na Avenida Presidente Castelo Branco (Radial Oeste) tiveram suas expectativas por melhoras frustradas. Menos de 24 horas após o anúncio, a implantação da fase de testes da reversível na via foi cancelada pela Secretaria Municipal de Transportes. Na terça-feira, a prefeitura havia publicado uma portaria que determinava, a partir desta quarta-feira, o início do funcionamento de uma faixa reversível na pista do sentido Zona Norte da via. A faixa operaria das 6h às 10h. Mas na manhã desta quarta-feira a faixa não foi implantada e, ainda, os motoristas enfrentaram congestionamentos na via desde as 6h30m. Às 11h da manhã, segundo o Centro de Operações da prefeitura, o trânsito na avenida continuava lento.

A assessoria da Secretaria Municipal de Transportes informou que o cancelamento foi feito devido à determinação da suspensão de todas as reversíveis da cidade no período da Rio+20, que tinha sido feita na própria terça. Em nota enviada às 10h10m desta quarta - após o fim do horário previsto para a reversível -, a Secretaria afirmou que em função da realização da Rio + 20 e a consequente suspensão de todas as faixas reversíveis da cidade durante o evento, a CET-Rio optou por adiar a implantação da medida. A secretaria acrescentou ainda que a portaria será revogada e uma nova data para a realização dos testes na reversível será divulgada.

Quando implantada, a faixa funcionará junto ao canteiro central da Radial Oeste, no Maracanã, no trecho entre a agulha construída antes da projeção da passarela de concreto da Estação de Trem Derby Club da Supervia e a agulha construída depois da passarela de concreto da Estação do Metrô São Cristóvão, passando a ter o sentido da primeira para a segunda. A reversível será exclusiva para carros, sendo proibido o tráfego de veículos de carga, ônibus, micro-ônibus e motos.

Nenhum comentário: