quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Com bandeira, Rio se torna oficialmente cidade olímpica

13/08/2012 - Panrotas

O prefeito Eduardo Paes e o presidente do COB, Carlos Arthur Nuzmann, com vários atletas, desembarcam do voo da Air France com a bandeira olímpica
A entrega da bandeira olímpica, feita ontem, durante a festa de encerramento dos Jogos de Londres, marcou oficialmente o Rio de Janeiro como a nova sede olímpica. E o primeiro evento oficial acaba de acontecer no Salão Nobre da Infraero, no aeroporto do Galeão, com a chegada da Bandeira Olímpica. O principal símbolo dos Jogos chegou pelas mãos do prefeito da cidade, Eduardo Paes, e do governador do Rio, Sérgio Cabral, que estiveram acompanhados do presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Carlos Arthur Nuzman.

“A chegada da bandeira é um símbolo de transformação da cidade. O Rio vive uma mudança física e, principalmente, uma mudança intangível, como a marca de uma cidade. Certamente a vinda deste símbolo aumenta e muito a autoestima de um país e, claro, da nossa cidade”, afirmou Eduardo Paes.

A bandeira terá honras especiais e será protegida pela Guarda de Honra da Bandeira Olímpica, formada por guardas municipais. O objeto ficará exposto no Palácio da Cidade e poderá ser visitado em horários e dias específicos. Quando for concluída a construção do Pavilhão Olímpico, na Cidade Nova, a bandeira será transferida e permanecerá no local até início dos Jogos. “A bandeira é mais do que um objeto é um símbolo de uma mudança que deve ser dividida com todos os cariocas, fluminenses e brasileiros”, concluiu Paes.

O Rio será a primeira cidade da América do Sul a sediar uma edição dos Jogos Olímpicos. A competição será realizada entre 5 e 21 de agosto de 2016. Já os jogos Paralímpicos serão disputados entre 7 e 18 de setembro do mesmo ano.

Nenhum comentário: