quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Novo cais terá navios-hotel para 24 mil

21/08/2012 - O Dia, Gabriela Murno

Com investimento total de R$ 3 bilhões até 2016 para obras de infraestrutura de acesso rodoviário, ferroviário e marítimo, o Porto do Rio terá sua capacidade ampliada em 80%. Uma das obras mais importantes será a construção de novo píer em 'Y' para receber até sete transatlânticos, acomodando até 24 mil turistas em 10 mil quartos no ano dos Jogos Olímpicos.

Segundo Márcio Fortes, presidente da Autoridade Pública Olímpica, parte das obras estará concluída para a Copa de 2014, quando a 'perna do Y' estará pronta, aumentando a capacidade hoteleira da cidade mais 12 mil lugares em cinco mil quartos. "Será deixado um legado para a cidade", completou.

A área passará também por dragagem para dobrar o atual calado para 14 metros, para receber navios maiores e mais modernos, informou o secretário de Desenvolvimento do Estado, Julio Bueno, no lançamento do projeto 'Porto do Rio - Século 21'.

Do total, R$ 1,27 bilhão será público, vindo dos governos federal, estadual e municipal. O restante ficará a cargo do setor privado. As obras já começaram, com a construção de via que liga o Porto à Avenida Brasil.

O Porto do Rio movimenta hoje cerca de 9 milhões de toneladas por ano nos dois terminais. Com a expansão, a expectativa é de que as operações atinjam 25 milhões de toneladas até 2018.

Regra tornará Rio mais competitivo

O secretário estadual de Transportes, Julio Lopes, prevê que o Porto será beneficiado pela mudança das regras do ICMS (Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços) de importação que, a partir de janeiro, aumentará a competitividade do Rio em comparação a outros portos do país.

"A equalização do ICMS não permite mais o financiamento do imposto, o que era feito em Santa Catarina e no Espírito Santo. Isso promoverá uma redistribuição de carga por todos os portos brasileiros", explicou Lopes, calculando o impacto em mais de 50%.

Nenhum comentário: