sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Barra ganha mais um hotel cinco estrelas em janeiro

05/09/2013 - Jornal do Commercio

Administrado pela Atlantica Hotéis, o Radisson Barra Rio de Janeiro deve entrar em operação em janeiro de 2014, na Barra, Zona Oeste. Da categoria luxo, o empreendimento anteriormente pertencia à rede Windsor e recebera investimentos de R$ 10 milhões pelos próximos cinco anos para adaptar ao novo padrão.

Situada na Avenida l.úcio Costa, a unidade conta com 292 apartamentos e suítes, restaurante, dois bares, SPA, academia, quadra de squash e piscina climatizada. A vice-presidente de vendas e marketing da Atlantica. Annie Morrissey disse que o mercado carioca está carente de estabelecimentos de luxo.

"Será importante entrar no mercado com uma marca internacional. Acreditamos que 00'Ji- do tráfego de hóspedes serão provenientes do exterior, por tanto será fundamen¬tal ter uma bandeira forte nesse setor de luxo", disse.

Morrissey vê o mercado hoteleiro carioca com grande potencial, não só pelo lado turístico. Segundo ela. a capital fluminense é capaz de oferecer aos visitantes a possibilidade de viagens a trabalho. "O Rio tem um mix de opções, porque tem dois aspectos pata trabalhar. Não é estritamente corporativo e tem um forte apelo para eventos. Concorre com São Paulo.", analisou Annie.

Para a vice-presidente da Atlantica. o Rio pode ser beneficiado pela alta do dólar. Com o dólar mais caro, é maior a possibilidade de turistas internacionais viajarem para a capital fluminense."Estamos otimistas, porque o dólar fica mais barato para os turistas do exterior e, com isso, os visitantes conseguem arcar com as despesas de viagem", completou.

A análise de Annie se baseia no falo de a cidade estar recehendo um grande número de eventos do exterior. Segundo o ranking da International Congress and Conventiou Associatinn, a capital fluminense ficou em primeiro lugar entre as cidades do País que mais receberam congressos e convenções estrangeiras no ano passado. O Rio recebeu, em 2012.69 eventos e ficou à frente de cidades como Zurique, na Suíça, Melbourne, na Austrália, e Oslo, na Noruega. No ano anterior, o relatõrio da mostrou que o Rio havia sediado 57 eventos.

Apostas

De acordo com a Atlantica, o hotel terá um diferencial, voltado para o turismo de negócios. O centro de cnnvenções terá 1.112 metros quadrados, com capacidade para receber até 400 pessoas. "Fortalecemos nossa presença no mercado fluminense e a oferta de hospedagem na categoria luxo", afirmou o presidente do grupo, Paul Sistare.

Até 2017, a Atlantica pretende inaugurar mais 81 hotéis no País, segundo Sistare. 

Estes investimentos estão previstos no plano de desenvolvimento da rede, com investimentos de R$ 3 bilhões para os próximos quatro anos. "Somados às atuais 78 unidades, chegaremos a 150 empreendimentos no País."

Nenhum comentário: