quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

Rio de Janeiro vai incluir 37 ruas no mapa cicloviário de Copacabana

15/01/2014 -

Quem utiliza a bicicleta como meio de transporte na zona sul do Rio de Janeiro vai ter mais um motivo para comemorar. A Secretaria Municipal de Meio Ambiente deu início às obras para a construção de ciclovias em quase todas as ruas de Copacabana.
Segundo a Globo, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente iniciou, na segunda-feira passada, uma série de intervenções para incluir 37 ruas no mapa cicloviário da região.
Actualmente, Copacabana conta com ciclovias nas ruas Figueiredo Magalhães e Xavier da Silveira, além da ciclovia na orla. No entanto, até o fim deste semestre, serão criados novos espaços destinados à bicicletas nas ruas Tonelero (a partir da Figueiredo Magalhães) e Pompeu Loreiro e em 35 vias secundárias os carros terão de dividir o seu espaço com as bicicletas. Nesta zona, os automóveis não estão autorizados a andar a mais de 30 km/h.
Com esta iniciativa, o Rio de Janeiro passará a contar com cerca de 360 km de ciclovias, ou seja, mais 13,87 km de ciclovias, uma das maiores extensões cicloviárias da América Latina, a seguir a Bogotá.
Mas o objectivo é não ficar por aqui e terminar 2014 com 380 km de ciclovias e chegar aos Jogos Olímpicos com 450 km.
Há cada vez mais pessoas a utilizar a bicicleta no dia-a-dia. A ONG Transporte Activo contabilizou 700 bicicletas a circularem em Copacabana durante um período de 12 horas. Numa outra pesquisa, realizada em 2013, a ONG concluiu que são realizadas 11.500 entregas diariamente através de bicicleta em Copacabana.
"Diariamente são realizadas 33 mil viagens em Copacabana, sendo que 38% destinam-se a entregas de mercadorias", afirmou Zé Lobo, director da ONG Transporte Activo. "Esta mudança nas vias secundárias será muito importante para dar mais segurança aos ciclistas e melhorar a convivência [ entre ciclistas e automobilistas] no bairro", disse.

Nenhum comentário: