sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Pezão entrega obras de rodovia que liga Região Serrana à Costa do Sol

19/12/2014 - O Globo

Com seis quilômetros de extensão, a estrada estava praticamente destruída por causa do tráfego pesado de caminhões de areia

POR PAULO ROBERTO ARAÚJO

A RJ-162 liga a BR-101 à RJ-106 e melhora a ligação entre o Centro de Casimiro de Abreu e Barra de São João - Divulgação

RIO - A ligação rodoviária da Região Serrana com a Costa do Sol será complementada, nesta sexta-feira, com as obras da RJ-162, a rodovia estadual que liga a BR-101 às RJ-106, no município de Casimiro de Abreu. Com seis quilômetros de extensão, a estrada, que também é uma das principais vias de acesso a Rio das Ostras, estava praticamente destruída por causa do tráfego pesado de caminhões de areia. A obra será inaugurada pelo governador Luiz Fenando Pezão.

Além do novo asfaltamento, a rodovia ganhou acostamento e sinalização horizontal e vertical. A obra custou R$ 2,5 milhões. O prefeito de Casimiro de Abreu, Antônio Marcos, disse que a obra vai beneficiar milhares de moradores de Barra de São João, no litoral do município, que tinham dificuldade de chegar ao Centro de Casimiro.

O presidente do DER, Henrique Ribeiro, disse que a obra foi feita por administração direta, o que diminui muito os custos.

-- Esta rodovia é de grande importância para a malha rodoviária estadual porque liga a Rodovia Serra-Mar (Casimiro-Friburgo) e a BR-101 à RJ-106, a rodovia litorânea da Costa do Sol. Na verdade construímos uma nova rodovia porque o quadro da estrada era muito ruim. Agora o usuário terá segurança e o trânsito vai fluir com maior fluidez – disse Ribeiro, acrescentando que o DER encontrou obstáculos, por parte de órgãos ambientais e da concessionária Autopista Fluminense, para fazer um novo traçado e tirar o tráfego da área urbana de Rio Dourado.

Também em Casimiro de Abreu, o governo do Estado entregará 77 unidades habitacionais, de 31 metros quadrados, com sala, quarto, cozinha, banheiro e área para futura ampliação de mais um cômodo, e outras duas de 41 metros quadrados adaptadas para portadores de necessidades especiais. De acordo com a Companhia Estadual de Habitação (Cehab), responsável pelo projeto, as casas atendem a demanda da prefeitura da cidade e estão em condomínio com infraestrutura, calçadas, ruas e urbanização, incluindo áreas de lazer e convivência. O investimento total na obra é de R$ 4.814.610,66.

Nenhum comentário: